terça-feira, 10 de setembro de 2013

Apple volta a inovar com o lançamento do novo iPhone, só que não.

É inegável que o iPhone mudou a telefonia móvel, estabelecendo novos padrões para o mercado e acabou por se tornar um ícone pop, reconhecido mundialmente. Consolidou as interfaces de toque, os aplicativos móveis e o ciclo de lançamentos anual. Agora a cada ano todo mundo espera um novo iPhone, mas algo aconteceu desde 2007 até aqui e hoje em dia a espera não tem mais o mesmo sabor de novidade ou surpresa e não gera mais a mesma ansiedade. 

Absolutamente tudo o que foi anunciado hoje no keynote da Apple já era sabido, por meio de vazamentos na imprensa. Há quem diga que a própria empresa permite esses vazamentos, a fim de gerar expectativa nos consumidores. É uma estratégia que pode funcionar, mas quando o vazamento não entrega tudo de bandeja, como tem ocorrido. Neste ano foi algo ainda mais evidente. Fotos do novo iPhone 5C rodaram aos montes pelas redes sociais e sites especializado, assim como imagens da carcaças do iPhone 5S. 

O próprio sistema de classificação dos produtos utilizados pela Apple é algo que ajuda detonar o fator surpresa. A maçã já criou um padrão que segue à risca e acaba detonando o fator surpresa, afinal todos já sabiam que o novo iPhone seria chamado 5S e seria visualmente quase idêntico ao seu antecessor. É verdade que essa ordem foi um pouco modificada este ano, com o lançamento do iPhone de baixo custo, que acabou se mostrando com um custo não tão baixo assim. Em um mundo dominado por Androids de todos os modelos, formas e preços, o iPhone 5C poderia ser uma alternativa muito interessantes para revigorar os negócios da Apple e retomar o crescimento dos iGadgets no mercado, no entando algo parece estar errado na estratégia adotada para esse produto.

Tradicionalmente a Apple lança um novo aparelho com o mesmo preço do antecessor e baixando o preço deste. Porém, este ano, quem esperava comprar um iPhone 5 mais barato, com o lançamento do 5S, vai acabar chupando o dedo, pois o belo modelo de alumínio lançado no ano passado não terá seu preço reduzido, simplesmente sairá de linha e será substituído por um modelo bem menos atraente com a carcaça de plástico. 

Apesar de por dentro os dois aparelhos (5 e 5c) serem basicamente idênticos por dentro, evidentemente não é um bom negócio para o consumidor, comprar um aparelho de plástico pelo mesmo preço que ele compraria um aparelho com acabamento premium em alumínio, caso o 5c não tivesse sido lançado. Para a Apple por outro lado parece ser um bom negócio à primeira vista, já que ela vai lucrar mais já que produzir o aparelho com a carcaça de policarbonato (eufemismo pra plástico, criado pela Nokia) é bem mais barato que utilizar alumínio. No entanto isso pode ter sido um tiro no pé, já que frustrou as expectativas dos consumidores que esperavam poder comprar o iPhone 5 por um preço mais razoável e também àqueles viam no 5c a chance de comprar um telefone Apple realmente acessível.  No fim, coube ao iPhone 4S ser o real aparelho de baixo custo da maçã; acontece que as pessoas não querem comprar hoje um aparelho de 2 anos atrás, que logo deixará de receber updates.

Dentre as outra novidades que não são novidades, lançadas hoje, temos o tão falado sensor de impressões digitais, Touch ID, integrado ao botão home do novo modelo top de linha. Essa, apesar de não ser nada realmente novo, é uma adição bem-vinda para consolidar o iPhone no mercado corporativo e enterrar de vez a Blackberry. Também foi anunciada um anova câmera com 2 flashes e capaz de produzir imagens com pixels maiores, o que supostamente melhoraria a imagem, mas que pode ser interpretado como mais uma forma que a Apple encontrou pra driblar as limitações impostas pelo tamanho da tela do aparelho. Cabe ressaltar que tanto o Touch ID e a câmera estão disponíveis somente no iPhone 5S, o 5C trouxe de novidade apenas o fato de imitar a variedade de cores da linha Lumia, da Nokia.

Terminado mais um keynote da Apple, o robozinho verde pode dormir tranquilo, pois sua soberania no mercado de telefonia não foi ameaçada. Enfim, este texto já está por demais longo e não cabe aqui detalhar especificações dos lançamentos, já que a imprensa vai fazer isso exaustivamente. Abaixo seguem links com os devidos detalhes.


Comparação entre iPhone 5c e iPhone 5;
Mais sobre o iPhone 5S;
Mais sobre o iPhone 5C.
Postar um comentário